Passar para o Conteúdo Principal

Recuperação e Musealização das Fábricas Romanas de Sines

Logos cofinanciamento

Designação do projeto

Recuperação e Musealização das Fábricas Romanas de Sines

Código do projeto

ALT20-08-21 14-FEDER-000008

Objetivo principal

Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos

Região de intervenção

Sines

Entidade beneficiária

Município de Sines

Data de aprovação

2016-05-27

Custo total elegível

170 000,00 €

Apoio financeiro da UE

144 500,00 € - FEDER

Apoio financeiro público nacional / regional

25 500,00 €

Objetivos, atividades e resultados esperados

O projeto visa a recuperação de um estabelecimento de fabrico de preparados piscícolas da Época Romana (século I) e a sua musealização. Esta estrutura arqueológica situa-se junto do Castelo de Sinos, imóvel classificado como de Interesse Público desde 1933 - Decreto n.° 22737 de 24 de junho - e está abrangida pela sua Zona de Proteção. No interior deste imóvel está instalado o Museu de Sines, que constitui o cerne do centro histórico da cidade. Pretende-se assim recuperar e garantir a salvaguarda do património histórico e cultural que este estabelecimento possui.

Para além do natural interesse histórico e cultural que este estabelecimento possui, e de que a sua recuperação pretende garantir a salvaguarda, procura-se atingir objetivos mais latos, mediante a sua musealização, de forma a atrair um público mais vasto para a visita ao património local. A sua localização numa área aberta, do domínio público, junto de um dos mais importantes acessos à praia, irá permitir atrair públicos que de outra forma não entrariam num museu convencional.

Articulando esta intervenção com outras já realizadas, como a de Regeneração Urbana, recuperação do Castelo, instalação da Escola de Artes do Litoral Alentejano nas proximidades, o Centro de Artes, entre outras iniciativas, pretende-se incentivar a recuperação e revitalização do Centro Histórico de Sines com a criação de um grande eixo cultural Castelo-Centro de Artes, que seja um poderoso fator de atração de visitantes e dessa forma estimular o aparecimento de novos negócios no campo do comércio e serviços, nomeadamente hotelaria e similares. Será um bom nicho de oportunidades para investidores mais arrojados e criativos, podendo potenciar o emprego jovem.

Fotografias

Antes da intervenção

Fábricas Romanas - Antes

Obra em curso

Fábricas Romanas - Obra em curso